Santa Catarina segue em crescimento contínuo quando se trata de novas adesões a planos médico-hospitalares. Nos últimos 12 meses encerrados em agosto deste ano, o estado ganhou 80,8 mil novos beneficiários (alta de 5,3%), e contabiliza 1,6 milhão de vínculos, número recorde desde 2000 quando teve início a série histórica da ANS (Agencia Nacional de Saúde Suplementar). As informações são da Análise Especial da Nota de Acompanhamento de Beneficiários (NAB) nº 74, desenvolvida pelo IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar).

Em termos percentuais, o estado foi o que mais cresceu na região Sul, acima inclusive, da média nacional (3,3%), a frente do Paraná (3,1%) e do Rio Grande do Sul (3,5%). No Brasil o número de beneficiários atingiu a marca de 49,9 milhões.

Assim como nas demais regiões do País, o tipo de plano coletivo-empresarial foi o que teve maior registro de alta (6,5%), seguido pelo individual ou familiar (2%) e coletivo por adesão (0,9%). A faixa etária com maior volume de vínculos foi a de 0 a 18 anos (6%) com 23,6 mil beneficiários, a frente de 19 a 58 anos (5,3%) com 53,3 mil e 59 anos ou mais (3,9%) com 7,7 mil.

Para José Cechin, superintendente executivo do IESS, a oferta de empregos no País tem se mantido crescente e justifica o bom rendimento registrado em Santa Catarina na aquisição de planos médico-hospitalares, especialmente no tipo coletivo empresarial. “Segundo dados do Caged, a alta foi de 5,1% em Santa Catarina, entre agosto do ano passado e o mesmo mês deste ano – número muito próximo ao de contratações de planos médicos no estado (5,3%). Desta forma, o segmento da saúde suplementar segue fortalecido”, justifica.

A Análise Especial da NAB 74 na íntegra está disponível neste link.

N.F.
Revista Apólice

The post SC bate recorde de beneficiários de planos médicos-hospitalares appeared first on Revista Apólice.