A primeira etapa do “Conexão Futuro Seguro 2022”, evento que a Fenacor (Federação Nacional dos Corretores de Seguros) promoveu na última quinta-feira, 13 de outubro, superou as expectativas, contando com a participação dos corretores de Seguros de todas as regiões do país.

Apresentado pelo 2º vice-presidente Financeiro da Fenacor, Érico Melo Nery, a etapa foi aberta pelo presidente da entidade, Armando Vergilio, que enfatizou a relevância do ciclo de evento para gerar conhecimento, atualização profissional, oportunidades de negócios, capacitação e atualização. “Nas cinco etapas, sendo quatro virtuais e a última, de encerramento, híbrida, vamos debater assuntos de alta relevância para o Corretor de Seguros. Preparamos cuidadosamente esse evento e o profissional que participar só tem a ganhar”, afirmou Vergilio.

Nesta etapa inicial o tema central do debate foi “A tecnologia como Infraestrutura para o Corretor na Comercialização de Seguros”, tendo como palestrante o consultor e professor da ENS (Escola de Negócios e Seguros), Samy Hazan.

Hazan incentivou os corretores de seguros a ficarem atentos ao novo comportamento do consumidor, especialmente pelo fato de a pandemia ter acelerado as mudanças e tendências. “Os clientes estão mais exigentes e conectados em vários canais. Todos querem soluções instantâneas e rápidas”, salientou. Ele sugeriu ainda que os profissionais adotem nova forma de pensar os negócios e avaliar, inclusive, a possibilidade de fazer parcerias com as insurtechs e outras empresas de tecnologia.

O consultor lembrou também que o ecossistema do mercado de seguros mudou significativamente, englobando, agora, novos atores como as plataformas, API’s, o Open Insurance, a Inteligência Artificial, os Riscos Cibernéticos e os seguros paramétricos, entre outros. “O corretores de seguros precisa entender as novas demandas dos consumidores e se adaptar o quanto antes às mudanças tecnológicas. Hoje, antes mesmo de procurar um corretor, o consumidor faz pesquisas no Google. E é muito exigente. Quer ser atendido 24 horas por dia, não apenas no horário comercial”, observou.

Após a palestra, Hazan respondeu a diversas perguntas dos corretores de seguros sobre questões relacionadas ao uso da tecnologia no mercado de seguros.

Houve ainda um bate-papo, conduzido pelo vice-presidente de Tecnologia e Inovação da Fenacor, Leonardo Elias, entre o CEO da MAG Seguros, Helder Molina, e o diretor executivo de Operações, Tecnologia e Sinistros da Tokio Marine Seguradora, Adilson Lavrador.

Ambos enfatizaram a importância do corretores de seguros para o mercado, independente da questão tecnológica. “O corretor tem tudo nas mãos para transformar o mercado de seguros no Brasil. Nada o substitui, especialmente em modalidades como o seguro de vida. Ninguém acorda com vontade de comprar um seguro de vida. É preciso despertar essa necessidade, é necessário o fator humano. O que devemos fazer é dar ferramentas para ele ser o profissional tecnológico que o setor precisa”, frisou Molina.

Lavrador complementou sugerindo que o corretores de seguros invista nas redes sociais e todos os canais de comunicação para ficar próximo do consumidor e aproveitar as ferramentas e soluções oferecidas pelas seguradoras. “Temos muitas ferramentas disponíveis para os corretores”, pontuou o executivo.

A etapa teve também mensagens dos patrocinadores para os corretores de seguros. O diretor geral da ENS, Tarcísio Godoy, por exemplo, aproveitou a ocasião para anunciar o lançamento do programa “Corretor Educação Segura”.

Inscrição

Na última sexta-feira, 14 de outubro, a Fenacor abriu as inscrições para a segunda etapa, marcada para 27 de outubro, que vai discutir o tema “Produtos Financeiros que podem potencializar as vendas dos corretores”.

A Federação lembra que mesmo os corretores de seguros que participaram da etapa inicial devem se inscrever novamente, diretamente no site do evento.

Os inscritos concorrem, em cada etapa do ciclo, a um notebook e a uma viagem para o Rio de Janeiro, para assistir o evento híbrido, de encerramento, no dia 1º de dezembro, quando será sorteado um carro zero km entre os presentes e aqueles que estiverem assistindo por meio remoto. Para ter direito ao carro, o sorteado também terá que comprovar que participou de, pelo menos, uma das quatro etapas virtuais.

Também nessas etapas iniciais, somente ganharão o notebook ou a viagem ao Rio de Janeiro o corretor de seguros sorteado que estiver assistindo o evento no momento dos sorteios.

N.F.
Revista Apólice

The post Fenacor realiza primeira etapa do “Conexão Futuro Seguro” appeared first on Revista Apólice.